Fundada em 14 de Fevereiro de 2009 - CNPJ: 010.745.010/0001-00

Capa | Sobre nós | Sobre as Artes Pláticas no Brasil | Estatutos | Faça seu Cadastro | Registro de Obras | Perguntas mais Freqüentes | Canais de Comunicação |








COMITÊ DE AVALIAÇÃO DE OBRA DE ARTE
 

Esta nascendo o primeiro comitê de avaliação de obra de arte da Associação Brasileira de Artes.


Através de uma iniciativa inédita, a ABARTE ( Associação Brasileira de Arte) estará iniciando a formação de seu primeiro comitê gestor de avaliação de obra de arte.

A idéia é consolidar um anseio do próprio mercado de artes plásticas em obter um documento que permita através de um colegiado de profissionais, oferecer uma avaliação séria e respeitada da própria obra de arte.

A primeira fase já foi dada e você poderá ser convidado a compor esta primeira equipe.
São vários os profissionais multidisciplinar indicados para participar a saber:
Críticos de arte,
Restauradores,
Curadores,
Marchand,
Galeristas,
Historiadores,
Promotores,
Juristas entre outros profissionais com reconhecida e notória atuação no mercado e conhecimento na área de artes.

Serão equipes mistas formados por vários profissionais em cada equipe que terão que avaliar sob a ótica de três pilares de avaliação das obras de artes a saber:

1) Avaliação técnica - Neste campo serão avaliados questões pertinentes a sua qualidade como: tintas, pigmentos, solventes, materiais utilizados, tecidos, pincéis e a própria paleta de cores empregados nos trabalhos produzidos.
O objetivo é oferecer uma análise de durabilidade e longibilidade temporal para futuros restauro eventualmente.

2) Avaliação Artística - Nesta área serão observados questões referentes ao designer da obra como um todo, seu estilo e sua composição estética e sua beleza.

3) Avaliação Historiográfica - Neste campo de avaliação a obra passa por um crivo de seu significado e contexto histórico além de usa relevância no valor cultural e de sua importância para a sociedade.

As avaliações terão as seguintes formatações:
1) Preço indicado ou sugerido para venda;
2) Preço mínimo para venda e taxação de valor venal da obra ( atendendo o mercado de leiloeiros e o próprio sistema tributário),
3) Preço de Cotação Final (para atender as companhias de seguros e o mercado financeiro de investimentos)
4) Existe ainda a possibilidade de ser gerado um preço intermediário a ser discutido e aprovado pelo comitê.

Quer participar? envie seu curriculum para nós no e-mail: abarte@abarte.com.br

Acompanhe nosso comitê através da plataforma: https://www.linkedin.com/in/midia10/




 

Política de Privacidade       Política Editorial       Termos de Uso        Nota Legal

Produção e Criação:
www.midia10.com
 
Todos os Direitos Reservados à Associação Brasileira de Arte - ABARTE